segunda-feira, 14 janeiro 2013 19:37

Falecimento de José Posada

A Academia Galega da Língua Portuguesa faz públicos os seus mais sentidos pêsames pela morte de José Posada, destacado empresário sempre ligado à dignificação da língua da Galiza como variedade da língua portuguesa.

A Academia Galega da Língua Portuguesa faz públicos os seus mais sentidos pêsames pela morte de José Posada, destacado empresário sempre ligado à dignificação da língua da Galiza como variedade da língua portuguesa.

Posada foi deputado no Parlamento Europeu pola Coligação Galega (CG) entre julho de 1993 e julho de 1994 e, posteriormente, no primeiro semestre de 1999. Foi o primeiro deputado galego no Parlamento Europeu a utilizar a nossa língua, obtendo desta instituição o reconhecimento pelo fomento da unidade da língua, em especial de deputados portugueses de todas as filiações políticas. Por estes e outros méritos foi nomeado sócio de honra da AGAL.

 Empresário e dinâmico

Nasceu em Vigo a 9 de maio de 1940, manteve sempre uma forte ligação com a cidade de Ourense, onde residia. Posada destacou pelo seu espírito inovador, a vocação para a exportação e a abertura de novos mercados. Foi responsável pela Cuevas e Cia, S.L., empresa dedicada à exportação de produtos agrícolas, de 1962 a 1989. Desde 1989 foi também de outra empresa exportadora, ARPOSA. Presidiu ainda ao Conselho de Administração de DROYPER (Distribuição de Produtos de Drogaria e Perfumaria) e foi sócio gerente dos Conselhos de Administração de ARPON, S.L. e MARRON GLACÉ, S.L.

Autor de diversos artigos na imprensa galega sobre enologia e gastronomia, foi também secretário da Irmandade dos Vinhos Galegos, matéria na qual era considerado um experto.

Reportagem da RTP sobre o galego, com intervençom de Posada

(*) Fotografia: www.marronglace.net.

Ler 2900 vezes