Categoria: Info Atualidade Acessos: 1747

Capa de Traditional Marking Systems: A Preliminary Survey

Co-editado pelo académico Joám Evans Pim, conta com o apoio da AGLP

 Acaba de vir a lume o volume "Traditional Marking Systems: A Preliminary Survey," editado por Joám Evans Pim, académico da AGLP, junto com Sergey A. Yatsenko e Oliver T. Perrin. Trata-se de um volume coletivo, de mais de uma vintena de autores, que examina, desde vários pontos de vista e desde os tempos mais remotos, o fenómeno das marcas, aqui denominadas tamgas, nas comunidades humanas do passado, mas também do presente.

A edição do volume conta com o apoio da Academia Galega da Língua Portuguesa (menção que consta nos créditos) e irá servir como base para um estudo maior centrado na Galiza.

No volume participam com os seus trabalhos os seguintes autores: Gaybulla Babayarov, Catherine Baroin, Chandreyi Basu, Napil Bazylkhan, Sir John Boardman, Alexey V. Chernetsov, Jean-Pierre Digard, Joám Evans Pim, Murtazali S. Gadjiev, Imre Gráfik, Paul Harthoorn, Sinclair Hood, Caroline Humphrey, Jangar Ilyasov, Domenico Isabella, Étienne Landais, Osman Mert, Boris N. Morozov, Samat K. Samashev, Zainolla S. Samashev, Rem A. Simonov, Tuve Skånberg, Takashi Osawa, Mehmet Tezcan, Oliver Timken Perrin e Anton C. Zeven.

Os ditos trabalhos percorrem diversos aspetos da marcação nas comunidades humanas de vários continentes. O volume leva inúmeras ilustrações, debuxos, fotos, imagens, sinais para tratamento informatizado etc., e desprega toda a moderna investigação e erudição dos autores.

As investigações publicadas visam provocar no leitor inúmeras reflexões. Estas reflexões revelam-se muito esclarecedoras quando consideramos que até o próprio conceito de sociedade está em questão desde há bastante tempo entre certos poderosíssimos grupos dominantes à escala planetária e esse poder serve-se em muitos casos de uma marcação dissimuladamente moderna, e até pós-moderna e supostamente libertadora.

O livro pode ser adquirido ao preço de 11.89 euros através da internet aqui.