Categoria: Info Atualidade Acessos: 6188
Associação Pró Academia Galega da Língua Portuguesa A nova associação nasce para dar apoio a uma futura Academia Galega da Língua Portuguesa

Luís F. Figueroa - Não é uma novidade a proposta de criação duma Academia galega lusófona, ideia recorrente no movimento reintegracionista desde os anos 80, e finalmente relançada em Outubro de 2006 pelo catedrático da Universidade de Vigo, o professor Martinho Monteiro, durante o V Colóquio Anual da Lusofonia, em Bragança.

Também em 8 de Outubro de 2007 a Comissão Promotora da AGLP realizou uma apresentação da proposta na Faculdade de Filologia da USC, como os académicos Evanildo Bechara e Malaca Casteleiro.

Mas este sábado aconteceu algo de diferente porquanto se deu um processo de Assembleia Constituinte. A data escolhida, 1 de Dezembro, dia da Restauração da Independência e aniversário do primeiro acto público de Nunca Mais, simboliza à perfeição a conjunção das diferentes sensibilidades e posicionamentos sobre a língua das pessoas presentes.

Foi nesta data que cerca de 20 pessoas de diferentes âmbitos e organizações de defesa da língua (entre os quais destacados membros da Associaçom Galega da Língua, Associação de Amizade Galiza-Portugal e Movimento Defesa da Língua) se reuniram na cidade de Compostela com um objectivo comum: apoiar a criação duma Academia Galega da Língua Portuguesa.

Após um intenso e frutífero debate decidiu-se constituir a "Associação Cultural Pró-Academia Galega da Língua Portuguesa" para o qual se aprovaram uns estatutos e uma Junta Directiva composta de 10 membros, prova evidente do compromisso das pessoas assistentes com o projecto. A Associação nascente tem como fim principal colaborar e contribuir para a criação da tão desejada Academia, e realizará todo o trabalho necessário para a sua constituição.

A Comissão Promotora conseguiu reunir neste encontro diferentes pessoas representativas das sensibilidades existentes no reintegracionismo muitas das quais, conscientes do passo à frente que o projecto implica, e da necessidade social de união arredor da defesa da nossa língua nacional, decidiram fazer parte da Junta Directiva desta nova associação, que ficou integrada pelas seguintes pessoas:

  • Presidente: Ângelo Cristóvão
  • Vice-Presidenta: Concha Rousia
  • Tesouraria: Isabel Rei
  • Secretário: António Gil
  • Vogais: Martinho Monteiro, Luís Gonçales Blasco "Foz", Ernesto Vázquez Souza, Francisco Paradelo, Rudesindo Soutelo, Luís F. Figueiroa

Além disso nesta reunião foi apresentado o DVD das Conferências realizadas na Faculdade de Filologia e a sua transcrição, DVD que será enviado gratuitamente a Universidades e centros de investigação lusófonos, Associações Culturais e comunicação social, na próxima semana.

Criação da Associação Cultural Pró-Academia Galega da Língua Portuguesa
1 de Dezembro de 2007

Mais info: