Categoria: Info Atualidade Acessos: 2210

Concha Rousia, Irene Veiga e Joám Evans

Concha Rousia, Irene Veiga e Joám Evans participaram no éMundial

A figura de Ernesto Guerra da Cal, o site do seu centenário e os diversos festivais lusófonos foram foco das duas atividades organizadas pela Associação Pró AGLP no contexto do éMundial, evento comemorativo do 30º aniversário da Associaçom Galega da Língua (AGAL), com vocação de mostrar a utilidade e o caráter internacional em que se insere o português da Galiza.

 A seguir, publicamos duas breves crónicas de ambas as atividades, assinadas por Vicente Lopes da Veiga e María Xosé Castelo, ambos sócios da Pró. Do mesmo modo, acompanhamos algumas fotografias encaminhadas por Valentim Rodrigues Fagim, presidente da AGAL e académico da AGLP.

Breve crónica do ato do centenário Guerra da Cal
(6 de julho de 2011)

Leitura de poemas de Guerra da Cal em A Gentalha do Pichel

A passada quarta-feira, 6 de julho, a Associação Pró-AGLP desenvolveu uma atividade para dar a conhecer a figura de Ernesto Guerra da Cal e o site do seu centenário que este ano celebramos.

O evento teve lugar no local da Gentalha do Pichel, em Compostela, por volta das 21:00 h, e contou com a presença dos académicos Concha Rousia e Joám Evans, que junto ao presidente da AGAL e também académico Valentim Rodrigues Fagim, foram os encarregados de apresentar a figura do intelectual ferrolão.

O ato viu-se afetado por alguns problemas técnicos, a falta de conexão wi-fi no local, o que não permitiu entrar no site e visualizar convenientemente o trabalho realizado, mas o pessoal assistente foi informado do endereço e da existência da página.

Concha Rousia começou fazendo uma resenha da biografia de Guerra da Cal, da importância da sua obra, do seu labor profissional e intelectua, bem como do seu compromisso com o país e com a defesa ativa do português da Galiza. Fomentou a reflexão sobre o premeditado esquecimento ao que o oficialismo das instituições bourbónicas submetem na Galiza a sua figura, especialmente conhecendo o relacionamento de Guerra da Cal com muitos dos grandes galeguistas, além da maioria dos vultos principais das letras espanholas (Generación del 98 e Generación del 27).

Após a resenha biográfica chegou o momento da leitura de poemas de Guerra da Cal, ao que contribuímos alguns dos membros da junta diretiva da Pró e vários assistentes.

O ato decorreu, do mesmo jeito que o da quinta feira, num ambiente íntimo e quase familiar. Desta forma a Associação Pró-AGLP contribuiu com um pequeno evento mais a inserir a figura de Ernesto Guerra da Cal dentro da programação do éMundial e facilitar o seu conhecimento.

Palestra festivais lusófonos
(7 de julho de 2011)

Público assistente à atividade em A Casa das Crechas

No dia 7, teve lugar a palestra sobre os Festivais Lusófonos, igualmente organizada com a colaboração da Pró AGLP no quadro do programa do éMundial.

No ato, que decorreu em A Casa das Crechas, assistiram como convidados Diana Mira (Lisboa)  e Manolo Soto (Salvaterra). Uxia Senlle, também convidada para nos falar do Festival Cantos na Maré, desculpou a sua ausência.

Diana Mira (Lisboa) quem fai parte da Associação Pesdexumbo, apresentou-nos o Festival Andanças, organizado por essa associação. Diana Mira estivo acompanhada pela companheira Mercedes Prieto (Santiago de Compostela) quem também participa na organização do Festival.

Manolo Soto, membro da SCD Condado, estivo conosco para nos falar dos 38 anos da Sociedade Cultural e das 25 edições dos seus Festivais de Poesia.

Depois de alguns problemas ténicos, a palestra correu com normalidade, num ambiente íntimo, com muitas intervenções do público asistente.