Categoria: Info Atualidade Acessos: 2066

Rudesindo Soutelo

Conferência-concerto de Rudesindo Soutelo
no 7º Encontro Internacional das Artes

No âmbito do 7º Encontro Internacional das Artes - Diálogos das Artes com as Ciências, no próximo dia 6 de dezembro de 2011, às 19h30, no Auditório do Museu de Arte e Arqueologia de Viana do Castelo (Portugal) terá lugar a comunicação (conferência-concerto) de Rudesindo Soutelo, académico da AGLP, A ciência da criação musical - The Science of musical creation.

A Ciência da criação musical (Síntese)

A ciência é uma ferramenta e, como tal, pode utilizar-se para criar tanto músicas como musiquetas. Mas isto não é um critério moralista como o utilizado pelas religiões para diferenciar a boa música da música má. Assim como uma historieta não é o despectivo de história, senão um género de conteúdo mais ligeiro e que muitas vezes se serve de ilustrações visuais, o termo musiqueta refere-se a um género que exprime um baixo grau de complexidade e que em muitos casos precisa mesmo de um texto para expressar alguma coisa.

A ciência da criação musical seria, pois, algo assim como o que Edgar Morin define para a “modelização sistémica da complexidade”  e que faz emergir, na sua prática, a inteligibilidade que cada um de nós procura nas próprias práticas cognitivas, pois a inteligibilidade não é sinónimo de simplicidade e, ainda menos, de simplificação.

A experiência pedagógica que se realiza nas aulas de Análise e Técnicas de Composição da Academia de Música Fernandes Fão de Vila Praia de Âncora e Ponte de Lima desde 2010, baseia-se na construção inteligente de modelos que permitam conceber a inteligibilidade da complexidade, para além da elementaridade das musiquetas. “Apenas o pensamento complexo nos permitirá civilizar o nosso conhecimento” diz Edgar Morin.

Os primeiros resultados da experiência foram apresentados num concerto público no dia 30 de Junho de 2010, mas aqui, o tempo disponível obriga-nos a reduzir o número de obras a ouvir. Esta redução é necessariamente arbitrária pois todas as obras compostas no âmbito desta experiência pedagógica testemunham a eficácia da ciência da criação musical aplicada.

Maria José Martins
-Madalena. 
[Intérpretes: Rita Ivaskeviciute - Piano]

Teresa Fão
-O burro morgado. 
[Intérprete: Eugénia Moura - Piano]

Fernanda Cunha
-O morgado 
[Intérprete: Edixon Silva - Trombone]

Mariana Pais
-O Mago 
[Intérprete: Gaspar Lima -Clarinete]

Nelson Fernandes
-Variações sobre um coral de Bach. Tema e 6 variações. 
[Intérpretes: Tiago Ferreira e Tiago Dantas - Trompetes; Nuno Lima - Trompa; Edixon Silva - Trombone].

Descarregar notas ao programa do concerto em:
http://www.soutelo.eu/uploads/AMFF-ProgramaConcertoATC-30Jun2011.pdf.

Está prevista a publicação da comunicação assim como das partituras e da gravação das obras dos alunos. Qualquer pessoa interessada pode contactar Rudesindo Soutelo em http://www.soutelo.eu.