Categoria: Info Atualidade Acessos: 2601

Morreu em Braga o passado dia 9 de fevereiro Amadeu Rodrigues Torres, aos 87 anos de idade. Linguista, poeta e sacerdote, foi catedrático da Universidade Católica em Braga e da Universidade do Minho.

Pessoa erudita, insigne latinista e estudioso da obra de Damião de Góis, deixa uma importante bibliografia sobre a cultura clássica de Portugal e sobre o gramaticalismo da língua portuguesa, tendo editado em 1946 a Gramática Filosófica da Língua Portuguesa de Bernardo de Lima e Melo Bacelar, de 1783, entre uma centena de títulos.

Firme apoiante do Movimento Lusófono Galego, foi assessor das Irmandades da Fala da Galiza e Portugal, de que fazia parte desde a sua legalização em território português em 1991, tendo integrado a Comissão Galega do Acordo Ortográfico que conduziu à participação de uma “Delegação de Observadores da Galiza” no Acordo de 1990, em Lisboa.

Natural de Vila de Punhe (Viana do Castelo), tinha publicado sonetos a diversos vultos galegos como Valentim Paz Andrade, Carvalho Calero e Guerra da Cal nas publicações das Irmandades da Fala da Galiza e Portugal, as revistas Nós e Temas do Ensino de Linguística e Sociolinguística, sob o pseudónimo Castro Gil.

Reproduzimos um poema que publicou nas Atas do Congresso Internacional de Língua, Cultura e Literatura Lusófonas em homenagem a Ernesto Guerra da Cal (1995), pág. 400:

Poeta irmão galego da Lusofonia,
A quem a aura moderna o Príncipe de Torres
Ficou devendo, nessas laudas pluriformes
Em que a sua língua e estilo nos mostrasse um dia:

Não pode saudar-te, nesta romaria
Intelectual, longe da terra que já dormes
O sono longo e último que deixa informes
Tantos projectos de mais prosa e mais poesia.

Mas não serás esquecido aqui, em Santiago
Cheia de tradições, história arte e vida,
Nesta amada Galiza e teu torrão natal:

Se já não em tua honra por sucesso aziago,
O Congresso é todo ele homenagem da vida
Ao Mestre e ao Escritor que tu és, Guerra da Cal!

15-04-1994 Amadeu Torres (Castro Gil), Portugal

 (*) Fotografia: http://www.diocese-braga.pt