quinta, 22 setembro 2011 11:53

AGLP organiza I Colóquio Guerra da Cal

Cartaz "I Colóquio Guerra da Cal"

A Academia Galega da Língua Portuguesa organiza o I Colóquio Guerra da Cal dentro dos atos do centenário do nascimento do professor ferrolano. O evento terá lugar os dias 11 e 12 de outubro em Santiago de Compostela, na Fundação Caixa Galicia com a participação de 20 oradores da Galiza, Portugal e Brasil.

Guerra da Cal: Breve Antologia Poética

Chegado o ano do centenário de Ernesto Guerra da Cal, já não é para ninguém surpresa que na sua pátria continue a ser ignorado, quando não vilipendiado e maldito, o nosso poeta, por se ter atrevido, desde o exílio, a dizer as verdades palmares sobre o português da Galiza (e antes ter combatido o fascismo espanhol com as armas na mão).

Publicado em Info Atualidade

Centenário Guerra da Cal

O vindouro dia 17 de maio, Dia das Letras Galegas, às 11h30 em Compostela, diante do monumento a Ricardo Carvalho Calero, terá lugar um ato comemorativo e de homenagem no centenário do nascimento do professor, investigador e poeta galego Ernesto Guerra da Cal (1911-1994).

Publicado em Info Atualidade

Associação Pró Academia colaborou na publicação do vídeo

A Fundaçom Meendinho, com a colaboração da Associação Pró Academia, acaba de publicar um vídeo do ato de homenagem a Ernesto Guerra da Cal que teve lugar ante o monumento a Carvalho Calero no passado 17 de maio, no Dia das nossas letras.

Publicado em Info Atualidade
Ernesto Guerra da CalPorta-estandarte da lusofonia da Galiza

PGL - Ernesto Guerra da Cal é na história da cultura galega um dos principais defensores da unidade linguística da Galiza, a sua pátria, com todo o mundo lusófono –essa outra pátria criada pela língua comum. Deu exemplo com os seus escritos, especialmente com os seus livros de poemas, onde, sem deixar de ser profundamente galego, ou melhor, justamente por ser profundamente galego, foi também linguisticamente português.

A sua posição em favor da unidade lusófona do seu país concretizou-se, nos derradeiros anos da vida, no seu compromisso, como representante da cultura galega, com os acordos ortográficos de 1986 e 1990. Deste facto tomam ensejo as reflexões que se tecem no trabalho “A lusofonia e a língua portuguesa da Galiza: dificuldades do presente e tarefas para o futuro”, sobre dificuldades e tarefas da lusofonia na Galiza.

Neste sinalado dia, oferecemos a hipótese de poder fazer descarga na íntegra desse trabalho que foi publicado nas Atas do Congresso Internacional de Língua, Cultura e Literaturas Lusófonas (Homenagem ao Professor Ernesto Guerra da Cal): Santiago, 15-17 de Setembro de 1994, Irmandades da Fala da Galiza e Portugal, Pontevedra - Braga 1994, 452 pp. (Temas de O Ensino de Linguística, Sociolinguística e Literatura, volume VII-IX, núms. 27-38 (1991-1994), pp. 137-149).

Tabela de conteúdos do trabalho

0. A modo de preâmbulo: gozo e mágoa dos galegos ante o «Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990)»

1. Dificuldades do presente
1.1. O desapego dos demais lusófonos pelos lusófonos da Galiza
1.2. Raízes históricas da situação presente
1.3. O predomínio linguístico e político espanhol
1.4. A tentativa de isolar a língua portuguesa da Galiza
1.5. A Galiza, «filho pródigo» da lusofonia
1.6. Uma situação inconfortável

2. Algumas tarefas urgentes
2.1. O nome: «língua portuguesa (da Galiza)», não «língua galega»
2.2. Uma Gramática galega da língua portuguesa
2.3. Um Dicionário galego da língua portuguesa
2.4. Uma «Colecção dos clássicos galegos da língua portuguesa»
2.5. Uma «Academia galega da língua portuguesa»
2.6. Concluindo

Fonte original:

Publicado em Info Atualidade


Área de Normalização Linguística da Deputação Provincial da Corunha vem de promover a exposição itinerante “A língua galega: história e direitos lingüísticos”, na qual se referenciam vultos históricos do reintegracionismo como Guerra da Cal ou João Vicente Biqueira trazendo ainda entrevistas a figuras contemporâneas como o académico da AGLP Higino Martins.

Publicado em Info Atualidade
sábado, 21 maio 2011 13:35

Guerra da Cal homenageado em Compostela

Ato de homenagem a Ernesto Guerra da Cal

No passado 17 de maio, dia em que a Galiza festeja o Dia das Letras, realizou-se em Santiago de Compostela uma homenagem pública ao professor, investigador e poeta galego Ernesto Guerra da Cal (Ferrol, 1911 – Lisboa, 1994), que decorreu ao pé do monumento ao professor Ricardo Carvalho Calero.

Publicado em Info Atualidade
terça, 19 abril 2011 12:49

Guerra da Cal: Breve Antologia Poética

Guerra da Cal: Breve Antologia Poética

Guerra da Cal: Breve Antologia Poética

Edição: Carlos Durão | Academia Galega da Língua Portuguesa. Rua Castelão nº 27. 15900 Padrão, Galiza

ISBN-13: 978-1461086130

ISBN-10: 1461086132

Conteúdos:

Apresentação  (p. 7)

Esboço biográfico  (p. 9)

Nota editorial (p. 23)

Antologia

Lua de além-mar (p. 25)

Rio de sonho e tempo (p. 31)

Futuro imemorial (p. 41)

Deus, tempo, morte, amor e outras bagatelas (p. 57)

Espelho cego (p. 63)

Caracol ao pôr-do-sol (p. 67)

Coisas e loisas (p. 75)

Ramalhete de poemas carnais (p. 79)

Inédito (p. 83)

Ano de lançamento: 2011

Número de páginas: 85

Pode solicitar Guerra da Cal: Breve Antologia Poética escrevendo para pro[@]academiagalega.org ou comprando diretamente na loja Imperdível

Publicado em Outras Publicações

Web Centenário Ernesto Guerra da Cal

A Academia Galega da Língua Portuguesa (AGLP), com o apoio doutras entidades cívicas, comemora o 100 aniversário do nascimento do professor, investigador e poeta galego Ernesto Guerra da Cal (1911-1994) com o lugar web Centenário Guerra da Cal.

Publicado em Info Atualidade

José Paz Rodrigues

O didata e pedagogo tagoreano José Paz Rodrigues, académico da AGLP, está a divulgar nestes dias a figura de Ernesto Guerra da Cal  através de uma peça de opinião publicada em vários meios de comunicação da Galiza. Nessa peça, que reproduzimos a seguir, lembra a homenagem que diversos coletivos e pessoas  renderam ao saudoso professor no passado dia 17 de maio em Santiago de Compostela.

Publicado em Info Atualidade
Pág. 1 de 2