Categoria: Arquivo Digital na Hora Visualizações: 2739

Capa do site do Arquivo Digital da AGLP

http://arquivo.academiagalega.org

A AGLP acaba de lançar o Arquivo Digital da Academia Galega da Língua Portuguesa (AD), um repositório de materiais digitalizados acerca da língua portuguesa na Galiza e da cultura galega em geral. O projeto conta com a parceria da Associaçom Galega da Língua (AGAL) e da Associação Pró-Academia e foi apresentado publicamente no contexto do Colóquio Guerra da Cal.

O Arquivo disponibilizará materiais de texto, áudio, vídeo e imagem em formatos padronizados comuns, protegidos pela licença Creative Commons, sendo permitido o seu livre acesso, utilização e distribuição sem fins comerciais, cópia sem alterações e com atribuição da fonte original. Prevê-se a incorporação de um grande número de materiais, nesta altura ora disponíveis em diversos lugares da internet (particularmente de membros da AGLP ou de algumas associações), ora arquivados ainda privadamente.

A parte mais comprida do Arquivo, na sua fase inicial, consiste em material audiovisual de mais de cinquenta eventos comunicativos públicos de diversos géneros (palestras ou relatórios, mesas redondas, entrevistas, debates, lançamentos editoriais, recitais) em torno da situação da língua da Galiza, na sua relação com o resto da Lusofonia e no seu conflito sociolinguístico atual com o espanhol, ou em torno da cultura, literatura ou política.

Com a sua apresentação organizada, pretende-se oferecer ao público, aos pesquisadores e às instituições dados de primeira mão para o conhecimento não só da situação social da língua portuguesa na Galiza mas também dos aspetos formais e estruturais das suas diversas realizações orais e/ou escritas.

Organização do Arquivo Digital da AGLP

Os materiais do Arquivo Digital estão organizados hierarquicamente. Na sua estrutura inicial, a página de entrada do Arquivo apresenta as Categorias básicas dos materiais (Publicações da Academia, Trabalhos académicos, Outros textos, Eventos comunicativos, Informativos, Vários), com as suas correspondentes Subcategorias, Conjuntos Documentais e Fichas ou Registos, além de um motor que permite pesquisas gerais ou avançadas por qualquer campo dos metadados.

Cada documento é catalogado conforme uma notação que indica a data completa e outras informações o mais contextualizadas possíveis, de modo a qualquer utilizador/a poder traçar a sua origem e caraterísticas em qualquer momento. Este aspeto da digitalização e preservação dos documentos, infelizmente ausente em muitos repositórios e bibliotecas digitais, pretende facilitar a sua organização posterior por parte da/o utilizador/a.

Destarte, a finalidade do repositório não é a de um simples armazém de dados sobre a língua e a cultura, mas de uma ferramenta sistematizada com o máximo rigor possível. Deseja-se assim maximizar a sua utilidade pública para a sociedade galega, para as culturas lusófonas e para a comunidade internacional em geral, objetivo último da constituição e do trabalho da própria Academia Galega da Língua Portuguesa.

Os formatos dos documentos (áudio, vídeo, texto, fotografia...) serão os de uso mais comum, procurando-se a máxima qualidade  e a máxima fidelidade possível aos originais. O software utilizado no AD é o motor DSpace, de livre distribuição.

Mais informação:

(*) Na altura, o Arquivo já conta com mais de 60 Conjuntos Documentais, mais de 200 fichas e mais de 200 ficheiros: ver todo o repositório do ADAGLP.